Especialista explica novas vantagens para o parcelamento de impostos

O programa especial de regularização tributária, projetado neste ano para ajudar o caixa do Governo a garantir o pagamento de entradas maiores pelos devedores gera polêmica. O texto, aprovado nesta quinta (14), pela Comissão do Congresso. As mudanças aumentam as vantagens para as empresas devedoras. O desconto chega a 99% nas multas e juros, para o pagamento à vista, e 90% em ambos os encargos para parcelar a dívida em 145 vezes. O relatório aprovado permite ainda o parcelamento de dívidas fruto de multas por sonegação e de impostos retidos na fonte e aumentou ainda o valor limite para abater, ao mesmo tempo, créditos fiscais e receber os descontos. Para explicar como funciona as mudanças, Heródoto Barbeiro conversou com o advogado Paulo Sigaud. Acompanhe.

  • Espalhe por aí:

Últimos vídeos

Todos os vídeos
Video_box_small.ico
Video_box_small.ico
Video_box_small.ico
Video_box_small.ico
Video_box_small.ico
X
Enviar por e-mail
(todos os campos marcados com * são obrigatórios)
Preencha os campos corretamente.
Mensagem enviada com sucesso!
Access log
Access log