Filho suspeito de matar os pais pode ser condenado

Há quase 20 anos, Roberto foi atacado enquanto pescava e levou quatro tiros, na frente do neto, de 12 anos. Depois de 18 dias, sua esposa, Benedita, foi enforcada com o cabo de um eletrodoméstico. O suspeito pelos assassinatos é o próprio filho do casal, Mauro. E o motivo seria a herança. Agora, Mauro está preso no Paraná, por ter matado a esposa, Claudete, em janeiro de 2017. Mas, pela morte dos pais, ele pode não ser julgado, pois faltam menos de dois meses para que os crimes prescrevam. A polícia pediu e o Tribunal de Justiça autorizou a reabertura do inquérito que tinha sido encerrado, em 2012, por falta de provas. Agora, os investigadores correm contra o tempo para que o filho assassino não fique impune.

  • Espalhe por aí:

Últimos vídeos

Todos os vídeos
Video_box_small.ico
Video_box_small.ico
Video_box_small.ico
Video_box_small.ico
Video_box_small.ico
X
Enviar por e-mail
(todos os campos marcados com * são obrigatórios)
Preencha os campos corretamente.
Mensagem enviada com sucesso!