Patrulha do Consumidor: cliente não consegue trocar relógio com defeito de fábrica

Rafael ganhou de presente um relógio com funções de smartphone, mas nem teve tempo de comemorar. Logo, o aparelho parou de funcionar e ele enviou o produto para a assistência técnica. Como foi detectado um defeito de fabricação, a garantia do produto, que já tinha expirado, voltou a valer. Mesmo assim, quatro meses já se passaram, e ele ainda não recebeu o relógio novo. Para ajudar a resolver o problema, o Patrulha do Consumidor entrou em ação.

  • Espalhe por aí:

Últimos vídeos

Todos os vídeos
Video_box_small.ico
Video_box_small.ico
Video_box_small.ico
Video_box_small.ico
Video_box_small.ico
X
Enviar por e-mail
(todos os campos marcados com * são obrigatórios)
Preencha os campos corretamente.
Mensagem enviada com sucesso!
Access log
Access log