FBI admite que investiga interferência da Rússia nas eleições americanas

O diretor do FBI, James Comey, confirmou que a polícia federal americana está analisando se a Rússia e representantes da campanha do presidente Donald Trump trabalharam juntos para derrotar Hillary Clinton. Ele depôs no comitê de inteligência do Senado. Segundo Comey, é preciso revelar e barrar qualquer tipo de interferência no processo eleitoral. Nas mídias sociais, Donald Trump desconsiderou o depoimento e reafirmou que a interferência da Rússia nas eleições americanas é uma notícia falsa.

  • Espalhe por aí:

Últimos vídeos

Todos os vídeos
Video_box_small.ico
Video_box_small.ico
Video_box_small.ico
Video_box_small.ico
Video_box_small.ico
X
Enviar por e-mail
(todos os campos marcados com * são obrigatórios)
Preencha os campos corretamente.
Mensagem enviada com sucesso!
Access log
Access log