Três países e a União Europeia começam a barrar entrada da carne brasileira

O Ministério da Agricultura suspendeu a exportação de carne dos 21 frigoríficos investigados pela Operação Carne Fraca. Os superintendentes do Ministério da Agricultura do Paraná, Gil Bueno de Magalhães, e de Goiás, Júlio César Carneiro, foram exonerados dos cargos. Outros nove funcionários ligados a pasta foram afastados das funções de chefia ou cargos de confiança. A China, que compra 13% de toda a carne exportada pelo Brasil, começou a barrar a mercadoria ainda nos portos. A União Europeia suspendeu a entrada de produtos das empresas suspeitas e fez um pedido formal de informações. A Coréia do Sul intensificou a fiscalização e anunciou a suspensão da entrada de frango. Esses países recebem 27% de toda a carne que o Brasil exporta.

  • Espalhe por aí:

Últimos vídeos

Todos os vídeos
Video_box_small.ico
Video_box_small.ico
Video_box_small.ico
Video_box_small.ico
Video_box_small.ico
X
Enviar por e-mail
(todos os campos marcados com * são obrigatórios)
Preencha os campos corretamente.
Mensagem enviada com sucesso!