Estudantes de medicina são investigados por falsificação e tráfico de drogas

Dois estudantes de medicina, de uma faculdade particular de Belo Horizonte, foram presos pela Polícia Civil suspeitos de falsificar carimbos e receitas médicas para comprar um medicamento conhecido como “heroína caipira”. Os comprimidos são usados como entorpecentes em pessoas saudáveis. As investigações apontam que eles seriam vendidos em festas.

  • Espalhe por aí:

Últimos vídeos

Todos os vídeos
Video_box_small.ico
Video_box_small.ico
Video_box_small.ico
Video_box_small.ico
Video_box_small.ico
X
Enviar por e-mail
(todos os campos marcados com * são obrigatórios)
Preencha os campos corretamente.
Mensagem enviada com sucesso!
Access log