“Tesourômetro” mostra corte nos investimentos da educação

Depois da UFRJ (Universidade Federal do Rio de Janeiro), a UFMG (Universidade Federal de Minas Gerais), em Belo Horizonte, que ganhou contabilizador de quanto as universidades do país estão perdendo em investimentos. O medidor foi batizado de “tesourômetro”.

  • Espalhe por aí:

Últimos vídeos

Todos os vídeos
Video_box_small.ico
Video_box_small.ico
Video_box_small.ico
Video_box_small.ico
Video_box_small.ico
X
Enviar por e-mail
(todos os campos marcados com * são obrigatórios)
Preencha os campos corretamente.
Mensagem enviada com sucesso!
Access log