Família cobra respostas a respeito do sumiço do corpo de bebê no Hospital Pasteur

Rayane Araújo da Silva Bezerra, grávida de cinco meses, deu entrada no Hospital Pasteur no sábado (4) e já apresentava dilatação. Dois dias depois, os médicos realizaram novos exames e constataram que o bebê estava morto. A gestante passou por uma cirurgia e chegou a segurar por alguns minutos o filho morto. Quando a jovem teve alta, o pai de Kevin foi até o hospital para liberar o corpo para realização do enterro. E descobriu que o corpo havia desaparecido. Oito dias depois da morte de Kevin, a família ainda não conseguiu respostas sobre onde está o corpo da criança. Em nota, o Hospital Pasteur afirmou que reembolsou as despesas da família e que está colaborando com as investigações. 

  • Espalhe por aí:

Últimos vídeos

Todos os vídeos
Video_box_small.ico
Video_box_small.ico
Video_box_small.ico
Video_box_small.ico
Video_box_small.ico
X
Enviar por e-mail
(todos os campos marcados com * são obrigatórios)
Preencha os campos corretamente.
Mensagem enviada com sucesso!
Access log
Access log