Justiça determina 16 de reclusão para um dos suspeitos de participar do assassinato do filho de Carlinhos de Jesus

A justiça condenou a 16 anos de reclusão, um dos responsáveis pela morte de Carlos Eduardo de Jesus, filho do coreógrafo Carlinhos de Jesus. Um dos réus foi absolvido do crime, no entanto, o Ministério Público contestará a sentença. Outros cinco suspeitos ainda aguardam pelo julgamento.

  • Espalhe por aí:

Últimos vídeos

Todos os vídeos
Video_box_small.ico
Video_box_small.ico
Video_box_small.ico
Video_box_small.ico
Video_box_small.ico
X
Enviar por e-mail
(todos os campos marcados com * são obrigatórios)
Preencha os campos corretamente.
Mensagem enviada com sucesso!