Justiça volta a negar pedido de
liberdade para o ex-goleiro Bruno

O pedido foi negado pelo Superior Tribunal de Justiça. Bruno permanece preso em Minas Gerais e vai a júri popular por sequestro, cárcere privado, homicídio triplamente qualificado e ocultação de cadáver no caso Eliza Samudio.