Protesto marca três anos do desaparecimento de engenheira no Rio

Parentes e amigos de Patrícia Amieiro voltaram ao local onde a engenheira foi morta, na Barra da Tijuca. A jovem teria sido ferida ao ter o carro atingido por três tiros. O veículo foi encontrado dentro de um canal, mas o corpo até hoje não foi localizado. PMs seriam os responsáveis pelo crime.

  • Espalhe por aí:

Últimos vídeos

Todos os vídeos
Video_box_small.ico
Video_box_small.ico
Video_box_small.ico
Video_box_small.ico
Video_box_small.ico
X
Enviar por e-mail
(todos os campos marcados com * são obrigatórios)
Preencha os campos corretamente.
Mensagem enviada com sucesso!