Domingo Espetacular Proibição de pulseira do sexo divide opiniões em Londrina (PR)

Proibição de pulseira do sexo divide opiniões em Londrina (PR)

Uso do adereço foi proibido após o estupro de uma adolescente de 13 anos na cidade, que foi abordada por quatro jovens e obrigada a manter relação sexual com dois deles porque usava a pulseira preta. Mesmo após a proibição do juiz da Vara da Infância e Juventude, as polêmicas pulseiras do sexo continuam a ser usadas por crianças e adolescentes, que encaram o uso como brincadeira, mas também permanecem a ser vistas como perigo pelos pais, educadores e autoridades.