Jornal da Record Ex-presidente do Flamengo e mais sete são indiciados por mortes no Ninho do Urubu

Ex-presidente do Flamengo e mais sete são indiciados por mortes no Ninho do Urubu

A polícia do Rio de Janeiro indiciou Eduardo Bandeira de Mello, que comandou o Flamengo por seis anos, por homicídio com dolo eventual, quando se assume o risco de matar, pelas mortes dos dez jovens no Centro de Treinamento do Clube. Os outros indiciados são três funcionários do clube, outros três responsáveis pela empresa que forneceu os contêineres que serviam de alojamento e um técnico de refrigeração. Para assistir ao conteúdo completo, acesse PlayPlus.com