Balanço Geral RJ Operação Ressonância prende empresários suspeitos de desvios no Into

Operação Ressonância prende empresários suspeitos de desvios no Into

A Polícia Federal prendeu empresários suspeitos de fraude na área da saúde nesta quarta-feira (4). O ex-secretário de Saúde do Rio Sérgio Côrtes e o empresário Miguel Iskin estão entre os alvos da Operação Ressonância. Os agentes cumpriram mandados de busca e apreensão na casa de Côrtes e tinham mandado de prisão para Iskin. A operação investiga 37 empresas de materiais hospitalares por formação de cartel e fraude em licitações para fornecer equipamentos médicos para a SES (Secretaria Estadual de Saúde) e para o Into (Instituto Nacional de Traumatologia e Ortopedia). Segundo os investigadores, Iskin montou uma rede complexa de lavagem de dinheiro para receber os valores. Além do Rio, mandados também são cumpridos em São Paulo, Minas Gerais, Paraíba e Distrito Federal. 

    Access log