MonitoR7 Cristiano Ronaldo ajudou na queda de rendimento do Botafogo?

Cristiano Ronaldo ajudou na queda de rendimento do Botafogo?

O jogador do Al-Nassr tem relação com a atual situação do Botafogo por uma simples ligação telefônica que fez em junho

  • MonitoR7 | Do R7

Resumindo a Notícia
  • Botafogo foi da maior vantagem na era dos pontos corridos para o segundo lugar.

  • Ligação de Cristiano Ronaldo ajudou na queda de rendimento do Glorioso.

  • Craque português colaborou com a saída de Luís Castro.

  • Desde a saída de Castro, o Botafogo passou por diversas oscilações.

Ligação de Cristiano Ronaldo mudou o futuro do Botafogo

Ligação de Cristiano Ronaldo mudou o futuro do Botafogo

AHMED YOSRI/Reuters - 24/11/2023

É difícil imaginar que o craque português Cristiano Ronaldo tenha uma parcela de culpa na atual situação do Botafogo — mas ele tem. O jogador do Al-Nassr ajudou na queda de rendimento do Glorioso com uma simples ligação telefônica feita em junho deste ano. 

Quando o Botafogo estava na liderança do Brasileirão, com 25 vitórias em 39 jogos, o então técnico Luís Castro recebeu uma ligação de seu conterrâneo com um pedido "simples": que ele assumisse o comando do clube árabe. 

Clique aqui e receba as notícias do R7 Esportes no seu WhatsApp
Compartilhe esta notícia pelo WhatsApp
Compartilhe esta notícia pelo Telegram
Assine a newsletter R7 em Ponto

O técnico ficou tentado com os milhões da Arábia e com o "convite" de CR7. Menos de uma semana depois, Castro deixou o Glorioso. 

Quando o português saiu do clube carioca, ele estava na liderança do campeonato nacional: foram 12 jogos, com dez vitórias e dois empates. No ano, haviam sido 39 jogos, com 25 vitórias e sete empates.

O Botafogo tinha sete pontos de vantagem sobre o Grêmio, na época vice-líder. Castro foi responsável por reestruturar a equipe e colocar o elenco em sintonia. Outro exemplo desse bom trabalho é que o atacante da equipe, Tiquinho Soares, terminou o primeiro turno como artilheiro isolado do Brasileirão, com 13 gols.

Depois que o técnico saiu, o Botafogo teve muitas oscilações. Apenas no Brasileirão, foram 24 jogos e quatro técnicos: Cláudio Caçapa (três partidas), Bruno Lage (dez partidas), Lúcio Flávio (oito partidas) e Tiago Nunes (atual, com três partidas até o momento). 

Desses 24 jogos, foram apenas oito vitórias, sete derrotas e nove empates. O Glorioso assistiu à melhor campanha na história da era dos pontos corridos ficar para trás e ao Palmeiras tomar a dianteira do Brasileirão. 

Mas tudo poderia ser diferente se Cristiano Ronaldo não tivesse feito aquela ligação.

Com R$ 1,8 bilhão, time de Cristiano Ronaldo lidera em ranking de folha salarial mais cara do mundo

Últimas