25 de Julho de 2016

Balanço Geral

Subcomandante da PM evita admitir erro da polícia em morte de publicitário

O subcomandante da Polícia Militar Hudson Camilli concedeu uma entrevista coletiva sobre a morte por engano de um publicitário em São Paulo e procurou justificar a ação dos soldados que mataram o homem. Hudson disse que uma atitude suspeita da vítima, que na verdade estava com o celular - e não uma arma - na mão, levou os policiais a atirarem. O comentarista de segurança Renato Lombardi analisa o caso.

  • Espalhe por aí:

Últimos vídeos

Todos os vídeos
Video_box_small.ico
Video_box_small.ico
Video_box_small.ico
Video_box_small.ico
Video_box_small.ico
X
Enviar por e-mail
(todos os campos marcados com * são obrigatórios)
Preencha os campos corretamente.
Mensagem enviada com sucesso!